Epidural

Epidural

Todas as grávidas querem ter um parto sem dor e hoje em dia a analgesia epidural, é possível.

Epidural

No entanto apesar de ter enormes vantagens não deixa de ser uma técnica invasiva com alguns inconvenientes. Vamos conhecer quais são eles:

Quem administra ?

A pessoa encarregue dessa função é o anestesiologista. mais conhecido por ” anestesista “. Já conhece bem a técnica e tem muita experiência, pois a epidural tem que ser administrada corretamente.
A administração da epidural é dolorosa?

A grávida não sente qualquer dor porque antes de introduzir a agulha é aplicada uma anestesia local na zona lombar.

Epidural dor no parto

Como se administra ?

A grávida tem que estar sentada ou deitada de lado, as costas curvadas e não se pode mexer durante todo o processo.

Depois de anestesiar a zona o anestesista introduz uma agulha nas costas da grávida. Através da agulha introduz-se um tubo que é muito fininho chamado catéter pelo qual se injetará a substância.

O que contém a analgesia epidural?

Inclui anestésicos locais como cloroprocaína, bupivacaína e lidocaína.

Quanto tempo ela demora a fazer efeito?

Ela demora a fazer efeito cerca de 20 minutos, por isso se a grávida já tiver a dilatação muito avançada não faz sentido recorrer a esta anestesia porque o nascimento pode acontecer antes de a grávida notar os efeitos da epidural.

Em que fase do parto pode ser administrada?

Aplica-se quando o cólon do útero tem uma dilatação entre os 3 e os 4 centímetros.

A epidural tem efeitos colaterais?

Numa percentagem muito baixa pode causar:
-Náuseas.
-Retensão de urina.
-Hipotensão.
-Muito menos frequente Cefaleias.

Em que casos não é aconselhável?

-Pre eclâmpsia. (Clique aqui)
-Problemas respiratórios.
-Alterações na coluna vertebral.
-Problemas de coagulação de sangue.
-Doenças infecto-contagiosas.
-Alergia a algum dos componentes da anestesia.

Se tiverem mais algumas dúvidas entre contato com seu médico.

Hemorroida na gravidez

Hemorroida na Gravidez

A gravidez é normalmente um momento maravilhoso na vida de uma mulher. Mas, infelizmente, há certas mudanças que muitas mulheres experimentam que são incomodas ou até mesmo dolorosas. A constipação é uma queixa bastante comum durante a gravidez. A constipação é quando você tem dificuldade em ter um movimento intestinal ou não tem um por vários dias. Pode ser devido à sua dieta, hormônios de mudança, muito suplemento de ferro ou a pressão de seu bebê. Seja qual for a causa, não é divertido.

Hemorroida na Gravidez

Aqui estão algumas dicas que podem ajudar com prisão de ventre:

• Beba mais água.
• Evite cafeína.
• Escolha a abundância de alimentos ricos em fibras, incluindo frutas, vegetais crus, grãos e cereais integrais.
• Sucos, como suco de ameixa, podem ajudar também.
• Mova mais e sente-se menos. A atividade regular, como caminhada, pode ajudar muito.

As mulheres grávidas que sofrem de prisão de ventre, muitas vezes têm hemorroidas.

O que são hemorroidas?

As hemorroidas são veias ao redor do ânus ou do reto que se inflamam ou dilatam. Durante o movimento intestinal, essas veias dilatam-se e retraem-se voltando ao tamanho normal. No entanto, o esforço repetido para evacuar, seja por intestino preso ou fezes endurecidas, pode dificultar o processo de drenagem do sangue e provocar a formação de hemorroidas.

Hemorróidas são bastante comuns durante a gravidez, especialmente durante o terceiro trimestre.

Durante a gravidez, o seu corpo tem mais sangue circulando em suas veias. Todas as suas veias, especialmente aqueles abaixo de seu útero, tornam-se dilatada. Sempre que tiver sangramento retal, consulte seu médico mesmo se você suspeita que é devido a uma hemorroida.

Clique aqui e veja tudo sobre Aborto espontâneo

Algumas mulheres têm, pela primeira vez quando estão grávidas, e se você tinha hemorroidas antes da gravidez, é provável que as hemorroidas aparecem. As hemorroidas também podem aparecer durante a segunda etapa do parto, enquanto você está empurrando. É comum mulheres queixar da hemorroida após o parto. Na maioria dos casos, as hemorroidas por si só desaparecem, logo após o nascimento.

Embora muitas pessoas tenham hemorroidas nem todas os sintomas . O sintoma mais comum das hemorroidas internas é sangue vermelho vivo cobrindo as fezes, no papel higiênico ou no vaso sanitário. No entanto, uma hemorroida interna podem sobressair através do ânus para fora do corpo, tornando-se irritada e dolorosa.

Os sintomas das hemorroidas externas podem incluir inchaço doloroso ou um nódulo duro em torno do ânus que resulta quando um coágulo de sangue. Esta condição é conhecida como uma hemorroida externa.
Além disso, o esforço excessivo, esfregar ou de limpeza ao redor do ânus podem causar irritação com sangramento e / ou coceira, o que pode produzir um ciclo vicioso de sintomas. Drenagem de muco também pode causar coceira.

aliviar hemorroidas

Como aliviar as dores da hemorroida

Primeiro mudar os hábitos alimentares para evitar a constipação, uma dieta a fase de fibra, legumes e verduras, se possível diminua os carboidratos simples como arroz branco, bolachas, pães.

  • Beba bastante água.
  • Exercícios de Kegel (ver explicação abaixo). Estes exercícios aumentam a circulação na área retal e fortalece os músculos ao redor do ânus e, portanto, menos propensos a ter hemorroidas. Exercício de Kegel também fortalecer e tonificar os músculos ao redor da vagina e da uretra, o que ajuda o corpo a se recuperar após o parto.
  • Evite papel higiênico, procure lavar e secar bem a área ou lenços umedecidos de bebe, essas medidas produzem menos irritação.
  • Evite ficar sentada e em pé por longos períodos de tempo, o que pode colocar pressão sobre as hemorroidas. Se o seu trabalho exige que você fique sentada, levante e se mova por alguns minutos, em intervalos de cerca de uma hora. Em casa, deite sobre seu lado esquerdo, sempre que você dormir, ler ou assistir televisão, para remover a pressão sobre as veias retais e facilitar o fluxo de sangue que retorna do corpo.
  • Massagem com cubo de gelo: Aplique um bloco de gelo ( revestido em um pano) sobre a hemorroida, várias vezes por dia. Gelo pode ajudar a reduzir o inchaço e desconforto. Muitas mulheres encontram um efeito calmante sobre compressas frias embebidas em hamamélis.
  • Banho de assento morno: sente-se em água morna o suficiente para cobrir as hemorroidas, tanto em sua banheira ou em uma bacia que se encaixa no vaso sanitário, por cerca de 10 a 15 minutos algumas vezes por dia.
  • Alterne o tratamento com gelo com o banho morno. Comece com um cubo de gelo seguido de um banho de assento com água morna.

Há muitos produtos para aliviar as hemorroidas, mas verifique com seu médico antes de tentar usar uma de sua preferência. A maioria destes produtos deve ser usado apenas para tratamento de curto prazo (uma semana ou menos). O uso contínuo pode causar inflamação ainda mais.

Primeiros sintomas de gravidez

Primeiros sintomas de gravidez

Após a concepção, o corpo da mulher exibe alguns sinais de que algo de novo se passa lá dentro. Esses sinais podem variar de intensidade de uma mulher para a outra e nem sempre estão presentes em todas as mulheres. Embora nenhum dos sinais abaixo seja garantia de gravidez, vale a pena checar a lista se você desconfia que a cegonha pode estar a caminho !

Primeiros sintomas de gravidez

Quais os primeiros sintomas de gravidez

Escurecimento das Auréolas: Os hormônios da gravidez podem causar um escurecimento das auréolas. O escurecimento, contudo, também pode ser devido a outra causa hormonal sem relação com a gravidez.
Veias mais visíveis: Na gravidez o fluxo sangüíneo nos seios aumenta e com isso os vasos sangüíneos dessa região podem ficar mais visíveis. Esse sinal é mais aparente em quem tem pele mais clara.
Seios inchados e doloridos: Sensação semelhante a que muitas mulheres têm antes de ficarem menstruadas. Os seios parecem estar “pesados” e ficam doloridos ao toque.
Pequeno Sangramento e Cólica: Podem ocorrer por volta do dia em que a menstruação é esperada e decorrem da implantação do embrião.

Necessidade Freqüente de Urinar : No início da gravidez com o aumento das taxas do hormônio beta hCG você pode ser obrigada a fazer inúmeras visitas ao banheiro.
Cansaço: Um dia normal de trabalho pode parecer uma competição de triatlon. A fadiga é uma marca registrada do início da gravidez, devido aos altos níveis de progesterona circulando pelo organismo.

Mal Estar: Muitas mulheres vão ao médico tratar de uma virose e saem de lá com um diagnóstico de gravidez. O que ocorre é que o corpo da mulher é bombardeado por uma série de mudanças assim que ocorre a concepção e essas transformações bruscas e repentinas podem causar uma sensação de mal estar generalizado e difícil de explicar.

Enjoos: Embora não atinja a todas as gestantes, o enjoo é o indício mais conhecido de que um bebê está a caminho. Clique aqui e descubra tudo sobre isso.

Temperatura Alta: Quem costuma medir a temperatura diariamente (para controlar a ovulação, por exemplo) notará que a temperatura se mantém um pouco elevada após a concepção e durante toda a gestação.

Atraso na Menstruação: Bem, esse dispensa comentários e é o indício definitivo de que você deve se submeter a um teste de gravidez. Contudo, o atraso ou mesmo a ausência da menstruação pode ter como causa uma variedade de problemas de saúde. Procure seu médico para esclarecer a situação. Se suas suspeitas se confirmarem, parabéns !

Enjoos na Gravidez

Enjoos na Gravidez

Ninguém sabe ao certo o que causa os enjoos na gravidez ser tão frequentes durantes os primeiros meses de gravidez. Sabe-se, contudo, que as altas doses dos hormônios beta hCG e estrogênio podem ser apontados como um dos culpados por esse mal estar que atinge a maioria das futuras mamães em algum ponto da gravidez.

Enjoos na Gravidez

Quando Começam os enjoos na gravidez

Como a sensibilidade a esses hormônios varia de mulher para mulher, algumas gestantes quase não têm nenhum mal estar enquanto outras passam grande parte dos primeiros três meses de gestação vomitando. Esse incômodo normalmente desaparece após o primeiro trimestre mas para algumas sortudas ele vai embora antes enquanto outras poucas mulheres sofrem com ele durante toda a gestação. Embora não seja uma teoria comprovada, acredita-se que os enjoos da gravidez tenham como propósito impedir que a futura mamãe ingira alimentos que podem ser prejudiciais ao feto como peixe e ovos que apresentam uma possibilidade de contaminação mais elevada.

Não há como se prevenir contra os enjoos da gravidez mas alguns estudos já demonstraram que mulheres que tomaram suplementos vitamínicos e tiveram uma dieta balanceada antes da concepção tendem a sofrer menos com esse problema.

Não se preocupe se os enjoos a impedirem temporariamente de seguir uma dieta saudável e balanceada já que o problema normalmente é mais severo no primeiro trimestre quando as necessidades calóricas do feto ainda são  pequenas. Durante esse período procure manter no seu cardápio os alimentos com menos chances de provocar náuseas.

Veja aqui -03Tudo sobre Calculadora na Gravidez.

Mesmo que esses alimentos não sejam os ideais, eles estarão contribuindo com valiosas calorias e você terá bastante tempo para voltar a praticar uma alimentação mais saudável uma vez que os enjoos passarem. Os enjoos da gravidez normalmente não representam nenhum risco para o feto. Contudo, se os vômitos forem muito frequentes e você sentir que não está conseguindo manter nada no estômago, procure seu médico pois uma pequena parcela das gestantes sofre de de náuseas tão severas que as levam a um estado de desidratação e desnutrição. Nesses raros casos o bebê pode ser afetado por isso o tratamento médico imediato pode ser necessário.

Como Aliviar enjoos na gravidez

Veja abaixo algumas dicas para amenizar o desconforto causado pelos enjoos:

– Coma pequenas refeições ao invés das três grandes refeições habituais ;
– Coma alguns biscoitos (tipo água e sal) ou um pouco de mel antes de se levantar pela manhã ;
– Ingira sólidos e líquidos separadamente, dando um intervalo entre os dois;
– Se são os líquidos que causam mais náuseas, experimente mastigar cubos de gelo ou cubos de suco de fruta congelado ;
– Evite cheiros fortes ou ambientes com barulho excessivo já que esses fatores podem desencadear náudeas ;
– Algumas gestantes juram que amendoins, gengibre e pepino ajudam.

Sinais de gravidez

Sinais de gravidez

sintomas de gravidez

Algumas mulheres apresentam apenas um ou dois sintomas no começo da gravidez. E muitas não sentem nada. Para outras, a gravidez pode passar completamente despercebida por semanas, e a desconfiança só surge quando a menstruação não vem.

Os sinais de gravidez mais comuns são: Quando a pele da aréola, em torno do mamilo fica mais escura e as veias dos seios, mãos ou pés ficam mais acentuadas. Caso esteja grávida, com oito dias depois da ovulação, pode ocorrer pequenos sangramentos vaginais e um pouco de cólica.

Outro sinal é a vontade de fazer xixi a toda hora. Isto acontece quando o embrião se implanta e começa a produzir o hormônio gonadotropina coriônica humana o HCG. Porém para algumas mulheres, fazer mais xixi é uma característica do período pré-menstrual, sendo assim o sintoma pode ser mascarado.

Muitas mulheres no início da gravidez, apresentam um grande cansaço e muito sono. Isto porque o organismo da mulher grávida apresenta uma alta concentração de progesterona que a deixa exausta. O sono excessivo é uma característica do início da gravidez.

Sinais de gravidez

Quando se esta grávida, os seios ficam cada vez mais inchados e doloridos. Os mamilos também podem ficar mais sensíveis. Quando o organismo se acostumar aos novos níveis hormonais, o incômodo melhora.

Um sinal muito frequente é a alteração do paladar e olfato. Muitas não suportam cheiro de alho ou aquele alimento que você gosta muito, passa a não gostar. Outro sintoma que incomoda muito são os enjoos.

Caso Tenha o ciclo menstrual regular e sua menstruação esta atrasada, o melhor é fazer um teste de gravidez. Pode ser um teste de farmácia. Caso o teste dê positivo, procure seu médico de confiança e comece o pré-natal.

Começando o tratamento no início da gestação só traz benefícios ao feto. Há um controle da glicose no sangue é indicado ácido fólico, ferro e controle da pressão arterial. E o mais importante evitar o consumo de álcool ou drogas nocivas ao bebê.

Parto Normal

Parto Normal

Os benefícios do Parto Normal

parto normal

Caso possa ter sua criança de parto normal é a melhor opção. No parto normal a criança respira melhor, o leite desce mais rápido e a recuperação também é mais rápida. O parto normal é um processo natural de uma gravidez.

Por esta razão descarte a cesária caso não tenha sido indicada por seu médico. Quando a criança passa pelo canal da vagina, o tórax do bebê se comprimi, assim como o resto do corpo.

Neste processo o líquido amniótico é expelido pela boca de dentro de seus pulmões, isto ajuda e facilita a criança respirar. Com a cesária o bebê pode apresentar um desconforto respiratório e desenvolver insuficiência respiratória e também pneumonia.

Quando a mulher esta no trabalho de parto, o organismo libera um hormônio chamado ocitocina e prolactina, isto ajuda a dilatar os alvéolos, onde é produzido o leite e todas as estruturas da mama envolvidas com a lactação, proporcionando maior produção de leite.

Com a cesária a descida do leite demora um pouco mais, leva de dois a cinco depois que o bebê nasce para o leite aparecer. Muitas mulheres, fogem do parto normal por medo da dor. Mas hoje as futuras mamães podem contar com a analgesia ela controla a a dor na hora do parto.

É uma anestesia que possibilita amenizar a dor na hora do parto, mas não tira totalmente a sensibilidade na região pélvica. Afinal é importante sentir as contrações e ajudar a impulsionar o bebê para fora.

O melhor do parto normal, a recuperação é rápida, após algumas horas a mamãe pode levantar e caminhar. Quarenta e oito horas após, mãe e bebê estão liberados. No caso da cesária a mulher só recebe alta entre sessenta e setenta duas horas após o parto e leva geralmente de trinta a quarenta para recuperação da cirurgia.

Exercícios para grávidas

Exercícios para grávidas

Aqui estão alguns exercícios para grávidas que ajudarão você a manter a forma durante a sua gravidez .

Lembre-se: Antes de começar qualquer programa de exercício , consulte o seu prestador de cuidados de saúde. Seu médico pode lhe dar orientações de exercícios pessoais, com base no seu histórico médico.

Exercícios para grávidas

Exercícios na gravidez

Alongamento exercício fazer o limber músculos e quente, que pode ser especialmente útil quando você está grávida. Aqui estão alguns alongamentos simples que podem ser executadas antes ou após o exercício.

  • Rotação do pescoço: Relaxe o pescoço e ombros. Solte a cabeça para frente.Gire lentamente a cabeça para o ombro direito, volta para o meio, e sobre o ombro esquerdo. Complete quatro, lentas rotações em cada direção.
  • Rotação do ombro: Traga os seus ombros para a frente e gire-os em direção às orelhas e, em seguida, de volta para baixo. Faça quatro rotações em cada direção.
  • Natação: Coloque os braços em seus lados. Traga o seu braço direito para cima e estender o seu corpo para frente e torcer para o lado, como se nadar o curso de rastreamento. Siga com o braço esquerdo. Faça a seqüência de dez vezes.
  • Mudança coxa: Fique com um pé sobre dois pés na frente do outro, os dedos apontados para a mesma direção. Inclinar para a frente, apoiando o seu peso sobre a coxa para a frente. Mudar de lado e repita. Fazer quatro em cada lado.
  • Perna tremer: Sentar com as pernas e os pés estendidos. Mover as pernas para cima e para baixo em um movimento suave agitação.
  • Rotação do tornozelo: Sentar com as pernas estendidas e manter seus dedos relaxados. Gire os pés, fazendo círculos grandes. Use seu pé inteiro e tornozelo. Gire quatro vezes nos momentos certos e quatro à esquerda.

Exercícios para gestantes

Os Exercícios para gravidas de Kegel ajudam a fortalecer os músculos que suportam a bexiga, útero e intestino. Ao fortalecer esses músculos durante a gravidez, você pode desenvolver a habilidade de relaxar e controlar os músculos em preparação para o parto. Os exercícios de Kegel são também altamente recomendado durante o período pós-parto para promover a cicatrização dos tecidos perineais, aumentar a força dos músculos do assoalho pélvico e ajudar esses músculos retornar a um estado saudável, e também aumentar o controle urinário.

Exercícios para gestantes

Para fazer Kegels, imagine que você está tentando parar o fluxo da urina ou tentando não passar de gás. Quando você fizer isso, você está contraindo os músculos do assoalho pélvico e está praticando exercícios de Kegel. Ao fazer os exercícios de Kegel, não tente mover sua perna, nádegas ou os músculos abdominais. Na verdade, ninguém deve ser capaz de dizer que você está fazendo exercícios de Kegel. Então você pode fazê-los em qualquer lugar!

Recomendamos fazer cinco séries de exercícios de Kegel por dia. Cada vez que você contrair os músculos do assoalho pélvico, conte lento de cinco e depois relaxe. Repita dez vezes para um conjunto de Kegel.

sua gravidez .

Lembre-se: Antes de começar qualquer programa de exercício , consulte o seu prestador de cuidados de saúde. Seu médico pode lhe dar orientações de exercícios pessoais, com base no seu histórico médico.

Exercícios que gravida pode fazer

Exercícios para grávidas Tailor fortalecer o quadril, pélvico e músculos da coxa e pode ajudar a aliviar a dor lombar.

  • Tailor sentar-se: Sente-se no chão com os joelhos dobrados e as pernas cruzadas. Incline-se ligeiramente para a frente, e manter as costas retas, mas relaxado. Use esta posição sempre que possível ao longo do dia.
  • Imprensa Tailor: Sente-se no chão com os joelhos dobrados e as solas dos seus pés juntos. Segure os tornozelos e puxe seus pés suavemente em direção ao seu corpo. Coloque as mãos sob os joelhos. Inspire. Enquanto pressiona os joelhos para baixo contra as mãos, pressione as mãos para cima contra os joelhos (contra-pressão). Segure por uma contagem de cinco.

Gravidez passo a passo

Gravidez passo a passo

Os nove meses em que a criança passa na barriga da mãe, muitas coisas acontecem. Ao pensar que no tempo de nossas avós, a única forma de acompanhar as mudanças e etapas de crescimento do bebê, era através do crescimento da barriga.

Continue lendo “Gravidez passo a passo”

Diabetes gestacional

Diabetes Gestacional – Soluções e conselhos

O diabetes gestacional é uma complicação de tratamento simples da gravidez. No entanto, é muito importante seguir o aconselhamento médico para controlá-lo, uma vez que suas conseqüências para o feto podem ser irreversíveis.

Continue lendo “Diabetes gestacional”